domingo, 11 de dezembro de 2016

Calendário do mês de Natal


Temos um calendário do mês do Natal (dezembro) na nossa sala, onde o Pai Natal deixa mensagens escritas. Mas esta comunicação com o Pai Natal só começou esta semana, porque só na sexta feira colocámos o calendário.
Ontem estava escrito que a Ofélia tinha de fazer pinturas faciais e lá esteve ela a pintar todos os meninos que quiseram, hoje o Pai Natal fez saber que havia um presente algures. Os meninos andaram todo o dia à procura, mas só à tarde é que descobriram um saquinho com peças de jogo dentro no armário dos jogos. Uma peça para cada menino e uma para a Ofélia (26).
As peças estão numeradas e dão para fazer um puzzle de um rinoceronte, nós experimentámos. Agora os meninos levaram as peças para casa e só se voltarem a trazer as peças é que podemos voltar fazer o jogo. As peças só fazem sentido todas juntas e todas são importantes.




Caixa de areia

Encontrámos uma caixa de areia tão gira dentro de um armário!

A Drª Leonor fez anos!

Parabéns!





Em modo Natal

-uma árvore dos desejos toda criada com jogos de movimento ao som de músicas de Natal, a que depois se acrescentou a síntese dos desejos declarados pelas crianças ("acabar a guerra e as lutas entre as pessoas", "toda a gente com comida", "muitos brinquedos", "voar numa nave espacial", " toda a gente doente ficar boa");

-um exercício de imaginação(conceção de uma árvore) a partir de um triângulo desenhado numa folha de jornal.








terça-feira, 22 de novembro de 2016

O que está a fazer Francisca?

- O que estás a fazer Franscisca?- A Francisca encolheu os ombros,
desenhou, cortou, colou...
E é isto!

O prédio dos aniversários

Todos têm a sua janela!

Hastear da Bandeira Verde

A Escola Básica do Primeiro Ciclo e Jardim de Infância de Almas de Freire, pertencente ao Agrupamento de Escolas Coimbra Oeste, hasteou no dia 11 de novembro a sua primeira Bandeira Verde, galardão atribuído pela Associação Bandeira Azul da Europa, como reconhecimento do trabalho desenvolvido no âmbito da educação ambiental. 
Estiveram presentes no hastear da bandeira o vereador Jorge Alves da Câmara Municipal de Coimbra, o Presidente da União de Freguesias de Almas de Freire e Castelo Viegas e alguns encarregados de educação. 
O coordenador da escola Pedro Teixeira salientou a importância do programa para a escola e o desafio que representa a Educação Ambiental, o vereador Jorge Alves congratulou-se com o trabalho realizado na escola em prol do ambiente e de um futuro sustentável e a coordenadora do programa Ofélia Libório agradeceu a todos o trabalho realizado e desafiou os presentes à realização de um cordão humano que, simbolicamente, envolveu os dois edifícios escolares num grande abraço.


sábado, 12 de novembro de 2016

Nova área temporária: um túnel de luz

Voltámos à horta

A rúcula e os rabanetes nasceram espontaneamente na horta, quando chegaram as primeiras chuvas. Hoje plantámos alfaces e cebolas com a técnica de culturas consociadas. O registo fotográfico foi feito pelo Guilherme Marques.

Uma espécie de Pop Art espontânea

Surgiu assim, do nada, ou melhor das experiências dos nossos artistas na área da pintura.Uma espécie de Pop Art espontânea.
Surgiu assim, do nada, ou melhor das experiências dos nossos artistas na área da pintura.



sábado, 5 de novembro de 2016

A ajuda da Inês

A Inês aprende e dá uma ajuda fantástica. Hoje estávamos na eminência de não conseguir ir à horta, como era nossa intenção. Queríamos ir ao mercado local comprar plantas, mas a Ofélia era a única adulta na sala, com ajuda pontual da assistente Isabel. Estávamos neste impasse, na hora da planificação, quando entrou a nossa ajudante, a Inês. 
A Inês é uma aluna do 10º ano, que desenvolve competências práticas na nossa sala. Ela foi sozinha ao mercado local e fez as compras. Estivemos a confirmar o troco e estava tudo bem! Obrigada Inês!
Quando as crianças crescem em autonomia e criatividade ficamos sempre deslumbrados, por muitos anos que passem.
Há uns dias falei em fantoches de meia, mas o assunto morreu ali. Ontem a Leonor chegou com um par de meias. Lá fui eu alimentar a capacidade de projetar e executar e fiz um primeiro fantoche com a ajuda da Leonor com uma das meias.
À tarde, a Leonor entregou-se ao projeto autonomamente com a outra meia e hoje quando eu cheguei já lá estava. Só parou quando terminou. Parabéns Leonor! Estás tão crescida!


Planificação


Na hora da planificação...
Crianças- Vamos ao parque da Junta!
Eu- Hum... Tinha pensado fazer uma pintura dançada hoje! Será que dá tempo?
Crianças - Oh!!!!!!
Eu - Está bem, vamos! Podemos fazer lá a pintura dançada?
Crianças - Siiiiiiiim!


Concurso de caretas para os Bolinhos e Bolinhós


Decidimos lançar o desafio aos pais de criar com os filhos uma careta para cantar os Bolinhos e Bolinhós. Aderiram 36 famílias em 50. As caretas foram expostas e as crianças escolheram as duas "melhores" através de votação.



quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Máscaras e sustos

Alguns meninos ficaram bastante perturbados com as máscaras dos outros. Por isso, fizemos pinturas faciais em frente ao espelho.




Bolinhos e Bolinhós

A cantar os Bolinhos e Bolinhós. O Jardim de Infância e a Escola do 1º CEB de Almas de Freire invadiram as ruas em Santa Clara, tocaram às portas, foram ao Centro de Saúde e à Junta de Freguesia e a cidade ficou mais bonita!


quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Experiências a preto e branco

Convite

Um selo de qualidade





Reconhecimento pelo trabalho realizado em 2015/2016.







Caracóis

Em outubro passámos uma semana com caracóis. Eles (os bichos) estiveram na sala a comer a alface do almoço. As experiências plásticas exploraram a ideia de espiral. A última ajuda veio de um quadro de Paul Klee.






O Jazz é fixe

E nós fomos ao jazz ao Convento de São Francisco

Jóias

Há dias assim, em que se fica coberta de jóias.