domingo, 31 de janeiro de 2016

Verdadeiros artistas conhecidos a nível internacional

Cá está a nossa colaboração num projeto eTwinning sobre Pedro e Inês. 
A parceria foi feita com uma turma do 1º CEB (2º e 3º ano) da escola Vale de Figueira de Montemor-o-Novo. E como o projeto eTwinning envolve professores e escolas de outros países, já somos artistas conhecidos internacionalmente.


sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Brincar na Natureza

Agora à segunda feira vai passar a ser assim, o tempo de exterior vai incluir brincar no espaço de Natureza do Observatório Geofísico e Astronómico da Universidade de Coimbra.
Como o nosso espaço exterior só tem cimento (ainda), encontrámos uma parceria aqui perto, para podermos usufruir de um espaço essencial para o desenvolvimento de todas as crianças em idade pré-escolar!






quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Pintura com gelo

Porque é Inverno hoje falámos de frio e.... pintámos com gelo. Depois falámos de neve e de dois dos estados da água.




quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Dia 1 de atividade agrícola

Começou a nossa exploração com plantas. Vamos transformar-nos em agricultores, ou será em cientistas? Se calhar as duas coisas, que isto de fazer crescer plantas tem a sua ciência!
Propomo-nos:
-fazer aquacultura com algumas plantas (nabo, alho francês, cenoura);
-germinar plantas e produzir microlegumes;
-fazer uma pequena horta urbana, a partir de aproveitamento de paletes de madeira.





A Lua também dorme

Estávamos num momento de conversa em grande grupo. O Salvador pergunta:
- Porque é que o Sol está cá em baixo e depois vai lá para cima quando é de noite?
Não tive tempo de dizer mais nada...
-Porque o planeta Terra roda, devagar- Bárbara
-A Lua é fria - Renato
- Mais alguém quer dizer alguma coisa sobre o Sol?- Ofélia
-Quando está de dia aparece e quando está de noite o Sol vai para o rio - Victória
-O Sol tem raios e fica muito calor - David
-O Sol é muito grande.... Porque é que fica todos os dias de noite? - Gonçalo
-Fica de noite para dormir! - Rodrigo
- Ai é? - Ofélia
-Existem países que, quando está Primavera ou Verão, fica sempre de dia - Bárbara
-O Sol vai dormir e , por isso, é que vai embora! - Salvador
-Ah! - Ofélia
-O Sol vai-se embora, porque é para iluminar os outros países - Bárbara
-Quando é noite vem as estrelas que é para iluminar, para ficar um bocadinho mais claro - David
-A Lua também se vai embora para ir para outros países - Leonor
-A Lua também dorme - Gonçalo
- Ora muito bem! E se fossemos estudar o Sol um dia destes?- Ofélia
-Sim!- Muitos
-Não. Quero ir brincar! - Muitos
...


terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Pedro e Inês



No nosso projeto eTwinning andamos às voltas com as lendas. Desta vez o desafio é trabalhar uma lenda a meias com meninos do 1ºCEB de outras terras (depois contamos quem são). Qual a lenda?
Pedro e Inês, pois claro! Uma lenda que muito diz a Coimbra e a Santa Clara, onde fica a nossa escola. O mosteiro de Santa Clara é já ali em baixo!
Audição de uma canção com a história, cantada pelos meninos da outra escola
A espada para matar Inês
D. Afonso IV e sua mulher D. Beatriz 

Casamento de D. Constança com D. Pedro

D. Pedro apaixona-se por D. Inês
D. Constança morre
Pedro e Inês tiveram 3 filhos
D. Pedro vai à caça
D. Afonso IV manda matar Inês
Inês está morta
D. Pedro manda coroar Inês (morta) e obriga a que lhe beijem a mão















sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Mais uma lenda na caixa

Está quase, quase pronta, a caixa da Lenda do Rio Mondego. Os meninos conceberam os personagens, fizeram ilustrações no quadro interativo e pintaram a caixa. Os adultos costuraram os personagens com base nos desenhos e na descrição dos meninos. Com mais uns retoques fica pronta para levar para casa e apoiar o reconto pelos meninos.

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Muitas coisas

Começámos o dia a observar uma aranha com lupa. Uma aranha que a Carolina trouxe de casa.
Depois foi a azáfama do costume e num instante chegou a hora da festa de mais uma aniversariante.
A mãe da aniversariante leu uma história aos meninos todos!


E ainda antes do almoço recebemos uma chamada dos JIs do Ingote e de Góis e estivemos à conversa por videoconferência. Mas como já era tarde, a Ofélia não teve tempo de ligar o quadro interativo. Fica para a próxima.

À tarde estivemos a preparar a nossa gravação para os "Heróis da Fruta" e começámos um projeto de máscaras. Ufa!

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Leitura com a família

Os meninos começaram a levar um livro para casa, à quinta feira. Regressa à segunda.
Hoje partilho o registo fotográfico de momentos extraordinários, em família.  Extraordinários, porque capazes de contribuir para  o surgimento do interesse pela palavra escrita.
Obrigada papás, pela colaboração nas propostas que vamos fazendo!


terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Rio Mondego

Nos últimos dias o rio Mondego tem sido causa de preocupação. Hoje falámos das cheias...
Um propósito ótimo para introduzir a lenda do Mondego, uma lenda de tradição oral. Algo que já estava previsto fazer para um projeto eTwinning.

Conta a lenda que vivia uma princesa moura na Serra da Estrela. Um dia a bela princesa conheceu um príncipe francês com quem veio  a casar. Esse príncipe chamava-se Diego.
A certa altura, o rei que mandava em França mandou chamar Diego para combater numa guerra. Diego lá foi, em cima do seu cavalo, passou por montes  e vales e atravessou Espanha para chegar ao destino.
Na Serra da Estrela ficou a bela princesa, inconformada e triste, chorando e chamando pelo seu amado:
-Mon Diego! Mon Diego!
E tanto chorou, a bela princesa, que as suas lágrimas formaram um rio que deslizou serra abaixo.
As palavras da princesa perderam-se no vento e ficou na memória das pessoas um eco: 
-Mondego! 
Mas, ainda hoje, quando passam em Coimbra junto ao Choupal, as águas imitam o choro da princesa:
-Glu...Glu...

Comemos o peixe certo?

Esta pergunta faz parte do conjunto de questões a a serem respondidas, no âmbito do projeto Alimentação Saudável e Sustentável (Programa Eco-Escolas).
Estamos a começar pelo princípio. Antes de saber qual o peixe certo, temos de saber que existem peixes diferentes, como se chamam, como nos chegam ao prato, etc.
Ontem levámos uma questão para casa:saber que peixes costumamos comer.
Metade dos brincantes estão doentes, dos restantes nem todos se lembraram de perguntar, cá ficam as respostas de hoje. Tenho a certeza que amanhã serão muitas mais, com a ajuda das famílias.



Francisca Rafael:
Peixe vermelho
Salmão
Maruca
Pescada
Sardinha
Atum
Bacalhau   Francisca Rafael

Inês:
Salmão
Peixe Branco 

Gustavo
Camarão

David
Pescada
Salmão 

Duarte
Salmão 

Guilherme Marques
Peixe branco
Pescada 

Victória
Camarão
Peixe branco

Bárbara
Pescada
Atum
Tamboril
Salmão
Dourada
Camarão

Gonçalo
Salmão
Pescada 




quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Com as mãos na massa

Hoje foi dia de pôr as mãos na massa, juntamente com os meninos da sala 1. Fizemos umas bolachas a lembrar o bolo-rei.