sábado, 15 de outubro de 2016

Em "modo" caracóis

Continuámos em modo "caracóis" ao longo da semana. Pensei que o assunto estaria esgotado, mas segunda feira, na hora da planificação, lá voltou o tema.
A Lara C. trouxe um caracol bebé numa folha de alface, que segundo ela se terá perdido dos pais. Será? Os caracóis quando nascem ficam a viver com os pais? Como nascem os caracóis? Sim, ficam! Nascem da barriga dos caracóis meninas! Responderam consensualmente as crianças. Nem uma voz discordante. 
Será que os caracóis nascem de caracóis fêmeas? Insisti.
Perante a insistência algumas crianças responderam:
- Não sabemos, temos de investigar!
Na hora da planificação alguém sugeriu escrever a letra da música do caracol para pôr na parede. Um grupo esteve ocupado imenso tempo na cópia da letra. Depois, o mesmo grupo esteve a descobrir como desenhar uma espiral porque queria representar a casca do caracol.
Também surgiu a ideia de fazer uma corrida de caracóis, sendo os meninos os caracóis e... amanhã contamos mais.


Sem comentários:

Enviar um comentário